Cabeçalho

Há anos ocorrem ricos diálogos sobre Civilização Humana e Filosofia, Teologia, História e Cultura em geral! Tudo que possa interessar a alguém que espera da vida um pouco mais que outra temporada de BBB! Após diversos convites a tornar públicos estes diálogos, está feito! Quem busca uma boa fonte de leitura, por favor, NÃO VISITE este site. O que esperamos, de fato, é a franca participação de todos, pois não se chama “Outros Discursos”.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

O sopro vital do Eterno

Eu já li o Bhagavad Gita duas vezes e ontem (17/10/2017) iniciei a segunda leitura dos Upanishads (Editora Pensamento). Cada vez que revisito um destes textos sinto-me lendo algo totalmente inédito, dada a imensa variedade de novas compreensões e significados que encontro.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Emancipação Espiritual

Emancipar-se espiritualmente não requer espiritualidade, se você lê este substantivo como sinônimo de misticismo. Pelo contrário: acontece com profundidade inversamente proporcional ao nosso nível de misticismo.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Por que Deus ignora nosso sofrimento?

Numa outra mídia um rapaz perguntou "se Deus é onisciente, como cria pessoas que sabe que serão demônios? Como Hitler, entre outros". Me envolvi no diálogo informando que, supondo a existência de Deus, por amor deveria garantir a liberdade, o que torna possível este tipo de pessoa (caso contrário seríamos autômatos muito bonzinhos). Meu interlocutor compreendeu, mas denunciou (não sem razão) que minha opinião parecia indiferente ao sofrimento das pessoas. A isto seguiu a reflexão/réplica que abaixo.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Comunhão (ou "Como me tornei vegano")


Desde que me tornei budista venho flertando, timidamente, com o vegetarianismo, porém, como o budismo que eu prático não determina esta prática -algo realmente cômodo para mim- continuei me lançando sobre picanhas, costelinhas e companhia.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Milagre Eucarístico



Um dos eventos mais bonitos e significativos dos rituais católicos (e agora me parece que fui infeliz ao dizer "um dos". Seria mais adequado "o") é o milagre eucarístico. Este evento ímpar, lamentavelmente omitido pela comunidade protestante (ônus incomensurável para eles), seja simbólico, seja concreto (dentro da mitologia católica a hóstia consagrada não representam a divindade, ela é. "Eu Sou!"), põe ao alcance do crente uma profunda identidade e intimidade com o ente divino, mesmo que por alguns instantes.

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Paradoxo do Amigo Imaginário - Parte 2

Ironias da vida: Quando publiquei este ensaio pela primeira vez, em novembro de 2016, disse que havia esbarrado com uma nota minha de agosto de 2014 mas não conseguia lembrar o que esperava que aquela nota me dissesse. Hoje, no final de agosto de 2017, achei outra nota, uma mensagem para mim, guardada ao concluir o primeiro ensaio e, novamente, não faço ideia do que pretendia me dizer com "Lembrar da minha garagem!".

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Experiência ou Sofrimento?

A experiência que escreverei não é mística. Também não é inédita, pois a vivi conscientemente hoje e ontem, e devo tê-la repetido inconscientemente diversas outras vezes na vida. O evento que vou descrever é absurdamente simples, portanto, não crie expectativas, pois vai se decepcionar. Tudo que lhe peço é que tenha paciência para acompanhá-lo até o fim. Talvez a reflexão que deriva deste evento faça algum sentido.